Alterar tamanho página

Helena Vieira, artista da dança, carioca, trabalha com temáticas sobre gênero. A fim de encontrar respostas para suas questões mais urgentes a respeito do feminino, iniciou em 2003 uma pesquisa que tornou-se naturalmente, pelo caminho traçado, uma performance de teor FEMINISTA. De lá para cá, tem se aprofundado no tema, participando de várias discussões sobre o tema.

Trabalhou com mulheres encarceradas e atualmente acompanha a ONG Davida (uma organização civil que promove a cidadania das prostitutas).

É doutora em artes cênicas pela UNIRIO, sendo sua dissertação sobre o corpo REVOLTADO, que tem como objeto de estudo a coreógrafa portuguesa VERA MANTERO.

Participa ativamente das questões de sua classe artística, tendo participado de um grupo, coletivo de dança do Rio de Janeiro, que propôs questões para uma política de dança nas esferas Federal, estadual e municipal.

Trabalhou, ainda, com o artista plástico Michel Groisman co-participando de algumas de suas criações.

Fundou a cia. Humas e trabalhou como diretora e coreógrafa. Seu trabalho de dança contemporânea apesar do diálogo forte a com arte de vanguarda, mantém uma tradição com a dança moderna.Seu último trabalho é um mergulho sobre a vida da cantora CARMEN MIRANDA, a qual considera um grande símbolo de luta feminina. Onde prazer, alegria e carreira estão profundamente misturadas. Em 2007 foi contemplada com o prêmio RUMOS ITAÚ CULTURAL e em 2009, o edital para a montagem de dança da secretaria estadual de cultura.